Adequação de escolha de testes de diagnóstico

Helena Gonçalves

Resumo


A escolha de testes de diagnóstico faz parte da actuação clínica, num processo analítico dedutivo e avaliativo cujo objectivo é determinar a causa ou natureza do problema do doente. Apesar da sua importância, esta competência raramente é individualizada como eixo especifico de intervenção formativa. Neste texto a autora, orientadora do internato complementar, espaço de formação médica, prática por excelência, onde se pretende que o interno seja o principal agente da sua formação, descreve um projecto de intervenção formativa, inspirado na pedagogia por objectivos visando promover e desenvolver a atitude critica do interno na escolha de testes de diagnóstico.

Palavras-chave



Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v20i1.10021

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)