Proteinúria: Como valorizar o seu significado

Francisco Ferrer, Nuno Oliveira, Karina Lopes, Ana Figueiredo, Pedro Maia, Armando Carreira

Resumo



Introdução: A proteinúria é um achado laboratorial comum em adultos assintomáticos, que em circunstância alguma deve ser menosprezado. A utilização de tiras teste é o método mais utilizado na detecção da proteinúria, mas, como apresenta uma elevada taxa de falsos positivos, impõe-se a utilização de outros métodos na sua confirmação/monitorização.
Objectivos: Efectuar uma revisão dos principais mecanismos fisiopatológicos de proteinúria e dos métodos actualmente utilizados na sua detecção e quantificação.
Discutir a sua importância clínica e apresentar um possível protocolo de abordagem diagnóstica. Rever as terapêuticas específicas disponíveis, principalmente no contexto da Doença Renal Crónica (DRC).
Metodologia: Foi realizada uma pesquisa na Pubmed de artigos originais, de artigos de revisão e de meta-análises até Abril de 2007 e foram consultadas fontes documentais de referência, nas áreas da Nefrologia e da Medicina Interna. Foram ao todo incluídos 63 artigos.
Conclusões: A utilização de um algoritmo diagnóstico ajuda na distinção entre as causas benignas (doença febril, exercício físico, desidratação...) de outras causas menos frequentes, mas mais graves (glomerulopatias, gamapatias monoclonais...). A presença de proteinúria deve ser confirmada obrigando a estudo complementar, nomeadamente com análises quantitativas (proteinúria das 24 horas ou razão proteína/creatinina em amostra aleatória de urina). Os doentes com proteinúria persistente e cuja causa para a mesma não se identifica após investigação clínica, devem referenciados à consulta de Nefrologia. Nos doentes renais crónicos, a detecção e o tratamento precoces da proteinúria melhoram o prognóstico a curto e a longo prazo. Considerando o aumento da prevalência da DRC na população geral, o Médico de Família tem um papel preponderante na identificação dos indivíduos em risco de doença renal e na vigilância dos factores de risco a ela associados, designadamente da proteinúria.

Palavras-chave


Proteinúria; Microalbuminúria; Doença Renal Crónica

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v24i2.10479

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)