A utilização do correio electrónico na comunicação com os utentes da USF Porta do Sol

Carla Ponte

Resumo



Objectivo: Caracterizar as mensagens enviadas por correio electrónico entre utentes e médicos e entre utentes e secretários clínicos de uma Unidade de saúde familiar (USF).
Tipo de Estudo: Estudo transversal.
Local: USF Porta do Sol, Matosinhos.
População: Mensagens de correio electrónico trocadas entre os oito médicos e utentes e entre os seis secretários clínicos e utentes da USF.
Métodos: Análise do correio electrónico entre Setembro de 2009 e Fevereiro de 2010. Foram estudadas variáveis relativas ao sujeito que envia a mensagem, o assunto abordado, o tempo entre a mensagem e respectiva resposta e o horário de envio da mensagem.
Resultados: Foram recebidas pelos médicos 594 mensagens (uma média de 74,2 mensagens por médico). Os assuntos mais frequentemente abordados foram as questões médicas, questões administrativas e os meios auxiliares de diagnóstico. A maioria das mensagens abordava apenas um assunto (84,9%). A maioria das respostas (50,1%) foi realizada entre 0 a 12h após a recepção da mensagem. Relativamente ao horário de envio das mensagens dos utentes, 85,9% foram enviadas durante o horário de funcionamento da USF.
Pelo secretariado foram recebidas 49 mensagens. Os assuntos mais frequentemente abordados foram questões administrativas como marcação de consulta (58,3%). Relativamente ao intervalo de tempo mais frequente entre recepção da mensagem e a resposta foi entre 0-12h (57,1%). Todas as mensagens foram enviadas durante o horário de funcionamento da USF, assim como as respostas.
Conclusão: Relativamente às mensagens dirigidas aos médicos, o número e tipo de assuntos abordados são coincidentes com estudos já publicados. No que diz respeito às mensagens dirigidas ao secretariado não há dados publicados para comparação; é um estudo pioneiro neste aspecto e ajuda a compreender a importância do correio electrónico como ferramenta de comunicação nos serviços de saúde.

Palavras-chave


Correio Electrónico; Comunicação; Cuidados de Saúde Primários

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v27i3.10854

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)