Anti-inflamatórios não esteróides tópicos no tratamento da dor por osteoartrose do joelho – Uma revisão baseada na evidência

Margarida Moreira, Mariana Afonso, Patrícia Araújo

Resumo



Objetivos: A gonartrose é uma patologia articular muito frequente e causa de morbilidade considerável. Esta é muitas vezes secundária à dor, que é o sintoma predominante. Os anti-inflamatórios não esteróides (AINE) orais são uma das opções disponíveis para a analgesia mas estão associados a um importante risco de efeitos adversos. As formulações tópicas poderão representar uma alternativa mais segura. O objetivo deste trabalho é rever a evidência disponível relativa à eficácia do uso de AINE tópicos no tratamento da dor por osteoartrose (OA) do joelho/gonartrose.
Fontes de dados: National Clearinghouse, TRIP, The Cochrane Library, DARE, Bandolier, MEDLINE e outros sítios específicos de sociedades científicas internacionais.
Métodos de revisão: Pesquisaram-se normas de orientação clínica (NOC), revisões sistemáticas, meta-análises e ensaios clínicos aleatorizados e controlados (ECAC), publicados entre janeiro e dezembro de 2012, nos idiomas português, inglês e espanhol, usando os termos MeSH: “Administration, Topical”/“Administration, Cutaneous”, “Anti-Inflammatory Agents, Non-Steroidal” e “Osteoarthritis”. Para avaliação do nível de evidência e atribuição de força de recomendação foi utilizada a escala Strenght of Recommendation Taxonomy (SORT) da American Academy of Family Physicians.
Resultados: Foram encontrados 96 artigos, dos quais 8 cumpriam os critérios de inclusão: 4 NOC e 4 meta-análises. Os estudos suportam que a aplicação tópica de AINE parece ser eficaz no alívio sintomático da dor por gonartrose, a curto prazo, sendo uma alternativa analgésica bem tolerada e com poucos efeitos laterais relatados.
Conclusões: A evidência disponível, limitada a ECAC de duração máxima de 12 semanas e com algumas limitações metodológicas, suporta a eficácia da utilização de AINE tópicos na redução da dor por gonartrose (SORT B). Contudo, a heterogeneidade dos compostos testados e da duração dos ensaios limitam as conclusões e a sua extrapolação, pelo que são necessários novos estudos nesta área, nomeadamente com maior duração/seguimento.

Palavras-chave


Anti-inflamatórios Não Esteróides; Tópicos; Osteoartrose; Joelho.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)