Infeções urinárias não complicadas na mulher: esperar ou tratar?

Ana Raquel Marques, Ana Falcão e Cunha

Palavras-chave



Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v32i4.11830

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2016 Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar