Tiroidite subaguda, uma causa incomum de odinofagia – Relato de Caso

Joana Malta, Ana Catarina Matos, Daniela Malta, Jorge Portugal

Resumo


Introdução: A tiroidite subaguda, ou tiroidite de De Quervain, é uma patologia incomum, sendo uma das possíveis apresentações clínicas, a dor cervical anterior com irradiação à orofaringe, condicionando odinofagia, que é um sintoma muito frequente nos Cuidados de Saúde Primários. Este caso demonstra a importância de conhecer esta entidade como diagnóstico diferencial de odinofagia, sobretudo na presença de sintomas e sinais sugestivos de tirotoxicose.  

Descrição do caso: Senhora de 36 anos, que iniciou quadro de febre, odinofagia e tumefação cervical, com 3 dias de evolução, inicialmente tratada como infeção das vias aéreas superiores. Uma vez que não se observou melhoria, foi novamente avaliada tendo sido identificada clínica sugestiva de doença tiroideia. O diagnóstico de tiroidite subaguda teve por base a presença de parâmetros analíticos de inflamação e de tirotoxicose, bem como a exclusão de patologia autoimune e bacteriana. O plano terapêutico envolveu o controlo sintomático e terapêutica anti-inflamatória, com boa evolução dos sintomas ao longo de semanas. Posteriormente, a doente desenvolveu hipotiroidismo, tendo sido controlada com terapêutica com levotiroxina.

Comentário: O diagnóstico precoce da tiroidite subaguda poderá não ser fácil pela sua apresentação inicial, podendo sugerir tratar-se de uma faringite comum. Apesar de ser um diagnóstico incomum, na presença de odinofagia/desconforto cervical e febre, é essencial considerá-lo e pesquisar outros sintomas/sinais sugestivos desta doença. Diagnosticando precocemente, é possível minimizar o desconforto do doente e o consumo de recursos em saúde.


Palavras-chave


Tiroidite subaguda; odinofagia; tirotoxicose

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v35i2.11927

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2019 Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar