Associação entre excesso de peso, obesidade, dor músculo-esquelética e osteoartrose em cuidados de saúde primários: estudo transversal

Andreia Baptista Marques

Resumo



Objetivos: Avaliar a associação de excesso de peso, obesidade, dor músculo-esquelética e osteoartrose em cuidados de saúde primários.
Tipo de estudo: Observacional, analítico, transversal.
Local: Unidades de saúde dos Agrupamentos de Centros de Saúde da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.
População: Indivíduos com >=21 anos de idade que, em 2014, consultaram um médico de família.
Métodos: Os dados para a análise foram recolhidos do Sistema de Informação da Administração Regional de Saúde. Os códigos L13, L15, L89, L90, T82 e T83 do ICPC-2 foram descritos por género e grupo etário. As medidas descritivas e o teste de qui-quadrado foram aplicados para avaliar diferenças de prevalência entre variáveis, sendo considerado um nível de significância de 5%.
Resultados: A prevalência nos 1.742.470 participantes no estudo de excesso de peso e de obesidade foi de 7,42% e 8,69%. A prevalência de sintoma/queixa da anca foi de 1,51%, de sintoma/queixa do joelho 3,25%, de coxartrose 2,57% e de gonartrose 5,46%. Foi encontrada uma associação positiva entre o excesso de peso e sintoma/queixa da anca (OR=1,07; IC95%: 1,02-1,12, p<0,0001), sintoma/queixa do joelho (OR=1,15; IC95%: 1,12-1,19, p<0,0001), coxartrose (OR=2,17; IC95%: 2,11-2,24, p<0,0001) e gonartrose (OR=2,18; IC95%: 2,14-2,23, p<0,0001) e entre a obesidade e sintoma/queixa da anca (OR=1,23; IC95%: 1,18-1,28, p<0,0001), sintoma/queixa do joelho (OR=1,62; IC95%: 1,58-1,66, p<0,0001), coxartrose (OR=2,57; IC95%: 2,50-2,63, p<0,0001) e gonartrose (OR=3,69; IC95%: 3,63-3,75, p<0,0001).
Conclusões: A associação positiva entre o excesso de peso e a obesidade e sintoma/queixa da anca, sintoma/queixa do joelho, osteoartrose da anca e osteoartrose do joelho e confirmam para a população portuguesa os resultados de estudos internacionais.

Palavras-chave


Obesidade; Dor músculo-esquelética; Osteoartrose; Associação; Cuidados de saúde primários.

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v33i3.12164

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2017 Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar