Situação vacinal - tétano. Abordagem na Unidade Francisco Xavier. Noronha - Centro de Saúde de Almada

Eugénia Enes Da Silva, Maria Conceição Félix-Machado

Resumo



O Tétano é uma doença infecciosa de distribuição mundial. Em Portugal a mortalidade é ainda relevante. O Tétano é mais comum no adulto, no sexo feminino e aumenta o risco na população com mais de 30 anos. A vacinação é uma das principais medidas de controle de doença.
Objectivos: Realizou-se um estudo transversal com o objectivo de conhecer a situação vacinal contra o Tétano, na Unidade Francisco Xavier de Noronha, do Centro de Saúde de Almada.
Métodos: Aplicou-se um questionário anónimo e confidencial, constituído por perguntas de resposta fechada e aberta, aos 509 utentes que acorreram à Unidade, num censo de um dia.
Resultado: A percentagem de utentes com vacina do tétano actualizada decresce significativamente após os 30 anos, em ambos os sexos, mas com maior relevância no sexo feminino. A Imposição Legal foi o motivo mais referenciado pelos inquiridos para a actualização do estado vacinal nos grupos jovens, enquanto no adulto e acima dos 60 anos, o motivo relacionava-se com os Acidentes.
A análise das respostas à pergunta aberta demonstrou não existir uma informação clara sobre a vacina do Tétano e as suas vantagens para prevenção da doença. Sentimentos de medo ou de não necessidade de protecção pela idade avançada merecem reflexão.
Conclusão: O estudo demonstrou a necessidade de desenvolver iniciativas para maior informação e esclarecimento da população sobre o Tétano e as formas de prevenção de doença que motivaram a implementação de uma campanha de acção no Centro de Saúde de Almada. Actualização do estado vacinal contra o Tétano impôs-se neste contexto.

Palavras-chave


Situação Vacinal; Tétano; Estudo; Questionário; Censo; Utentes

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v16i2.9788

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)