A metabolização no sistema do Citocromo P450 e a sua importância em clínica geral

Luís Miguel Santiago

Resumo



Objectivo: Conhecer a frequência e o tipo de interacções no metabolismo de medicamentos pelo sistema citocromo e saber da sua notificação para o Sistema Nacional de Farmacovigilância (SNF).
Tipo de estudo: Estudo observacional post-hoc efectuado em 45 dias úteis de consulta.
Local: Extensão de Saúde de Marco dos Pereiros, Subregião de Saúde de Coimbra.
População: Utentes de uma lista de Clínica Geral.
Metodologia: Base de dados elaborada por registo sistemático de toda a medicação efectuada por paciente em período limitado de tempo. Tabela actualizada de interacções medicamentosas e estatística descritiva.
Resultados: Prescrição em 661 (75% do total) consultas havendo 114 casos (17,2%) de interacções sendo 82 (12,4%) de metabolização pela mesma isoforma e 32 (4,8%) de inibição. Aumento do número de casos de 2001 (n=15; 4,6%) para 2002 (n=17; 5%). Média de 4,2 DCIs nos casos de interacção contra 2,7 nos casos sem interacção. Sexo feminino mais afectado. Notificação para o SNF em quatro casos.
Discussão: Havendo ainda insuficiente informação acerca da isoforma de metabolização, as interacções farmacocinéticas e farmacodinâmicas, com significado clínico passíveis de ocorrer em co-prescrição parecem ter valor mais importante que o relatado em outros países e contextos.
Conclusões: Interacção medicamentosa em 17,2% das consultas, aumentando de 2001 para 2002 e baixa taxa de notificação (4 em 82), implica ampla difusão desta temática, nomeadamente nos Resumos de Características do Medicamento.

Palavras-chave


Medicamento; Citocromo; Metabolização; Farmacovigilância

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v19i2.9919

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)