A importância da vigilância do neurodesenvolvimento na consulta de saúde infantil e juvenil em Portugal

Sandra Franco Afonso

Resumo


A patologia do neurodesenvolvimento tem vindo a registar uma progressiva relevância, dada a sua maior prevalência nos últimos tempos, sendo um tema pertinente e atual na saúde infantil e juvenil. Uma vez que em Portugal as crianças são vigiadas maioritariamente por  Medicina Geral e Familiar (MGF), sem formação específica na área, este artigo pretende alertar para os aspetos relevantes da vigilância do neurodesenvolvimento, cujo objetivo principal é permitir que as crianças e jovens alcancem o seu máximo potencial. É importante rastrear as  várias áreas do desenvolvimento nas consultas de rotina, para além de identificar as crianças em risco, de modo a agilizar a referenciação  para uma intervenção precoce e adequada.


Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v36i2.12501

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2020 Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar