Suplementação de vitamina D na prevenção de quedas e fraturas em idosos: uma revisão baseada na evidência

Anabela Filipa Barreto da Silva, Maria João Barbosa

Resumo


Introdução: As quedas e fraturas constituem uma importante causa de hospitalização e mortalidade em indivíduos idosos, contribuindo de forma significativa para a sua perda de autonomia.  O papel da vitamina D na melhoria dos distúrbios músculo-esqueléticos em doentes idosos na prevenção de quedas e fraturas é ainda controverso.

Objetivos:. Determinar a evidência do efeito da suplementação da vitamina D na prevenção de quedas e fraturas em idosos.

Fonte de dados: MEDLINE, Cochrane Library, NGC, NICE, DARE, TRIP Database, USPSTF, AGS e DGS.

Métodos: Pesquisa de estudos publicados nos últimos 10 anos (de 01 de fevereiro de 2009 a 28 de fevereiro de 2019) escritos em português e inglês utilizando os termos MeSH “Vitamin D, "Accidental Falls",  e "Fractures, Bone.” Para avaliação da qualidade dos estudos e força de recomendação foi utilizada a escala Strength of Recommendation Taxonomy, da American Family Physician (SORT).

Resultados: Da pesquisa inicial resultaram 514 artigos, tendo sido selecionados 15 por cumprirem os critérios de inclusão definidos: seis guidelines/normas de orientação clínica, oito Revisões Sistemáticas (RS) e Meta-análises (MA) e um Ensaio Clínico Aleatorizado (ECA). A maioria das guidelines e NOC defende a suplementação de vitamina D na prevenção de quedas e fraturas em idosos. Contudo, a análise das RS e MA mostram resultados discordantes ao demonstrar que a suplementação de vitamina D não tem efeitos nas quedas e fraturas em idosos, nomeadamente não institucionalizados.

Conclusões: Em idosos não institucionalizados e sem défice de 25(OH)D não há benefício da suplementação de vitamina na prevenção de quedas e fraturas (SORT B). Idosos institucionalizados e com défice de 25 (OH)D devem ser suplementados com vitamina D isoladamente ou combinada com cálcio (SORT B). A suplementação de doses elevadas de vitamina D e de forma intermitente pode ter efeitos deletérios (SORT B).

Palavras-chave: vitamina D, quedas, fraturas, idosos


Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v36i3.12717

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2020 Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar