Unidade de Medicina Geral e Familiar Omega: medicina centrada na pessoa

Rui Manuel Alves, Vasco Jesus Maria, José António Miranda, Rui Portugal, Luís Rebelo

Resumo



Na sequência do lançamento, pela Região de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, em Março de 1996, dos denominados projectos Alfa, os autores fizeram a apresentação de um anteprojecto de unidade de prestação de cuidados de saúde, que denominaram Unidade Omega. Propunham-se nesse anteprojecto viabilizar a constituição de uma Unidade de Medicina Geral e Familiar de elevada qualidade e grande acessibilidade na cidade de Lisboa. A Unidade Omega teria como objectivos a prestação de cuidados de Medicina Geral e Familiar, o desenvolvimento de actividades de educação pré e pós graduada destinadas a um conjunto de profissionais e
futuros profissionais da área da saúde e o projecto e desenvolvimento de actividades de investigação em saúde. Esta Unidade de Medicina Geral e Familiar teria autonomia clínica, financeira, de gestão de recursos e de articulação com outras entidades prestadoras de cuidados de saúde e adoptaria como modelo geral de financiamento o estabelecimento de relações contratuais. Propunha-se também realizar uma avaliação contínua das suas actividades. Os autores defenderam que o sucesso desta iniciativa poderia motivar fortemente outros grupos de médicos a tomar iniciativas semelhantes, transformando a médio prazo o panorama dos cuidados de saúde primários em Portugal.

Palavras-chave


Clínica Geral; Educação pré-graduada; Educação pós-graduada; Investigação; Serviços de saúde

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v16i5.9809

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)