Disreflexia autonómica: um desafio diagnóstico

Carolina Martins Moreira, Luis Afonso Vouga, Maria João Andrade

Resumo


A disreflexia autonómica (DA) é uma complicação frequente nas lesões medulares (LM), com risco potencial de vida. A sua apresentação súbita e exuberante, com quadros de hipertensão arterial, bradicardia, fibrilhação auricular, cefaleias, midríase e sudorese profusa leva a que estes doentes sejam encaminhados para o serviço de atendimento urgente mais próximo, onde os profissionais de saúde têm reduzida experiência com esta condição.

Este caso clínico retrata o caso de um doente com LM crónica, admitido no serviço de urgência com quadro de DA, que conduziu a internamento e realização exaustiva e desnecessária de exames complementares pela ausência de diagnóstico e orientação atempados.

Com o aumento da prevalência e esperança média de vida desta população, é urgente o reconhecimento desta síndroma clínica potencialmente fatal por parte dos médicos que realizam atendimento em serviços de urgência ou cuidados de saúde primários.



Palavras-chave


Lesão medular; Disreflexia autonómica

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v36i3.12539

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2020 Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar