Visita aos sem-abrigo

Inês Carvalho Gonçalves, António Freitas Silva

Resumo


A rua ainda é morada de muita gente. A questão esquecida e poucas vezes colocada é o porquê. Concluímos prontamente que são pessoas em condições precárias e associamos a rua à pobreza. Mas esquecemo-nos frequentemente de uma questão fundamental: a saúde mental. Enquanto internos de medicina geral e familiar, a estagiar na Clínica 3 – Serviço de Psiquiatria Geral e Transcultural do Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa (CHPL), tivemos oportunidade de contactar com esta realidade, acompanhando a equipa liderada pelo Dr. António Bento. Com esta experiência concluímos que este é um problema que também está nas nossas mãos. No entanto, para prevenir e atuar é necessário conhecer a realidade e, acima de tudo, perceber que a questão dos sem-abrigo é muitas vezes mais que uma problemática social, sendo também uma questão de patologia psiquiátrica.


Palavras-chave


Sem-abrigo; Saúde mental

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v37i1.12660

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2021 Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.