Influência dos factores financeiros no cumprimento da medicação

Ângela Chin, Mariana Alves, Nuno Martins, Ana Ferreira, Carolina Barbeiro, Mafalda Mota, Armando Brito De Sá

Resumo



Introdução: A situação financeira da população é um dos elementos que afecta o cumprimento da terapêutica médica. Objectivos: Avaliar o cumprimento da medicação regular, as diferentes formas de não cumprimento por motivos financeiros e a transmissão dessa informação ao médico, assim como avaliar estratégias facilitadoras do cumprimento da medicação.
Tipo de Estudo: Observacional, descritivo e transversal.
Local: Unidade de Saúde Familiar de Loures.
População: Utentes inscritos na Unidade de Saúde Familiar, com médico de família e idade acima dos 17 anos, em Abril de 2011.
Métodos: Amostra de conveniência de 227 indivíduos. Colheita de informação por questionário, onde se estudou o sexo; idade; e, relativamente aos últimos quatro meses, por motivos financeiros: espaçamento da toma; redução da dose; adiamento da compra; ausência da compra; informação ao médico do não cumprimento da medicação; não cumprimento da medicação por motivos não financeiros; pedido de prescrição de medicamentos mais baratos; pedido de apoio financeiro para a compra da medicação; abdicação da compra de outros bens para comprar medicação.
Resultados: Dos 227 inquiridos, 79% referiu não cumprir a medicação, dos quais 51% o fez por razões financeiras (31% exclusivamente). O não cumprimento da medicação por motivos financeiros deveu-se, em 84% dos indivíduos, ao adiamento da compra da medicação, 46% à ausência da compra da mesma, 44% ao aumento do espaçamento entre tomas e 38% à
diminuição da dose. Dos indivíduos que não cumpriram por motivos financeiros, apenas 30% informou o seu médico. Quanto a estratégias facilitadoras do cumprimento da medicação, 52% referiu ter pedido a prescrição de medicamentos mais baratos, 41% abdicou da compra de outros bens e 12% pediu apoio financeiro.
Conclusões: O não cumprimento da medicação por motivos financeiros foi relatada numa elevada percentagem de indivíduos, a maioria dos quais não revelou essa informação ao seu médico.

Palavras-chave


Medicação Crónica; Adesão; Factores Financeiros

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v28i5.10971

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)