Síndrome de hiperactividade com défice de atenção - Um problema a detectar e encaminhar

Raquel Braga

Resumo



Objectivo: Condensar a mais recente informação acerca da orientação diagnóstica e terapêutica da criança com Síndrome de hiperactividade e défice de atenção (SHDA).
Métodos: Estudo de revisão, em que se utilizou como fonte de dados a informação em Inglês, disponível na Medline, desde Janeiro de
1997 até Junho de 1998, utilizando as seguintes palavras-chave na pesquisa bibliográfica: Attention deficit disorder with hyperactivity; Child; Preschool; Infant.
Conclusões: O SHDA é uma perturbação do desenvolvimento muito frequente, que afecta a vida das crianças em idade escolar, das suas famílias e de toda a comunidade em que esta se insere, embora actualmente, este distúrbio se encontre subvalorizado, sendo poucas vezes diagnosticado e raramente tratado de uma forma correcta. Actualmente considera-se que a abordagem multimodal é a mais vantajosa no tratamento do SHDA. Para além de guias de orientação de tratamento, prognóstico e factores relacionados com o desenvolvimento deste distúrbio, é também discutido o papel do médico de família na orientação destes casos. A sensibilização da classe médica para atentar neste tipo de problema de aprendizagem é uma das peças fundamentais para que o manuseamento deste distúrbio venha a ser cada vez mais positivo.

Palavras-chave


Síndrome de déficit de atenção com hiperatividade; Criança;; pré-escolar; infantil

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v16i6.9815

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)